PRATICANTES

Formação de Praticantes:

As lições de equitação serão ministradas a qualquer praticante de equitação, com o nível etário a partir dos 6 anos, de acordo com os horários do CEIA, com equídeos do CEIA ou com equídeos dos próprios mediante autorização do Director Técnico.

É obrigatório, a cada praticante, a sua inscrição na Federação Equestre Portuguesa (FEP), como Praticante Federado, obtendo assim a Licença de Praticante, sendo sujeito a um exame médico de conteúdo regulamentado pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), para obtenção do Seguro Desportivo Obrigatório.

As lições de equitação serão orientadas tendo como base o Programa Oficial de Formação de Praticantes (POFP), escalonado em nove graus designados por “Selas”.

As lições são orientadas segundo três vertentes: Teoria Equestre, Prática Equestre e Maneio.

O Programa tem como objectivo a obtenção das seguintes licenças de exercício de actividade e participação em provas oficiais nas três modalidades olímpicas (Obstáculos, Dressage e Concurso Completo de Equitação):

  • Licença Geral de Concorrente em Provas Oficiais Nacionais (Sela 4);
  • Licença Geral de Concorrente em Provas Internacionais (Sela 7).

O Programa tem ainda como objectivo desenvolver as competências equestres dos praticantes, do grau da Sela 7 à Sela 9, desde que o grau de competências cada praticante o permita.

O Programa de Formação de Praticantes do CEIA desenvolve-se de acordo com os seguintes escalões:

  • Volteio e adaptação à sela (adaptação aos andamentos do equídeo e desenvolvimento da boa colocação em sela – flexibilidade, solidez, à vontade, equilíbrio e ligação ao movimento).
  • Desenvolvimento das competências constantes no POFP para obtenção do grau Sela 4.
  • Desenvolvimento das competências constantes no POFP para obtenção do grau Sela 7.
  • Desenvolvimento das competências constantes no POFP para obtenção do grau Sela 9.

As vertentes de Maneio e Teoria Equestre são ministradas de forma integrada nas Lições da vertente de Prática Equestre, salvo se necessário desenvolver competências com vista à obtenção de certificação em graus de praticantes, caso em que serão organizadas lições específicas daquelas vertentes, integradas num estágio.

Para além das lições integradas no Programa Oficial de Formação de Praticantes, podem ser ministradas lições isoladas a praticantes proprietários de equídeos alojados no CEIA, ou cavaleiros exteriores ao CEIA que o solicitem, mediante a disponibilidade de instalações e formadores.